RJ registra o primeiro paciente com coronavírus em estado grave



O Rio de Janeiro registrou ontem (15) o primeiro paciente com coronavírus em estado gravíssimo. Trata-se de um homem na faixa dos 60 anos internado em um hospital da rede privada. Não se sabe como o paciente contraiu o vírus, nem a unidade de saúde onde ele está internado. É o segundo caso grave de Covid-19 do Brasil. O primeiro é o de uma mulher no Distrito Federal.
No boletim divulgado ontem pela Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro, havia 24 casos confirmados e 95 suspeitos, enquanto 147 foram descartados. Em todo o país, eram 200. Uma das preocupações do governo do Rio é com a falta de leitos de UTI no estado. Até sexta (13), a taxa de ocupação era de 100%.
Em entrevista ao telejornal local Bom Dia Rio, o secretário de Saúde, Edmar Santos, reforçou o apelo para que se fique em casa. “As pessoas só devem sair de casa agora se tiver que trabalhar, não conseguir trabalhar de casa em home-office, se for comprar comida ou remédio ou se tiver que ir ao médico”, disse. (Metro1)