Prefeitura de Cachoeira cancela Show de Igor Kannário;“Jamais colocaria meu povo em risco”

Foto: Divulgação

O cantor Igor Kannário não faz mais parte das atrações de uma festa realizada pela Prefeitura da cidade de Cachoeira, em comemoração ao aniversário de 183 anos de emancipação da cidade no Recôncavo baiano. A decisão foi tomada após confusão que artista se envolveu durante o Carnaval no Campo Grande na segunda-feira (24).
O prefeito de Cachoeira, Tato Pereira (PSD) postou um vídeo no perfil oficial da prefeitura no Facebook, na tarde deste sábado (29) para anunciar o cancelamento do show.
“Com esse mal estar criado entre o cantor Igor Kannário, o governo do estado e a Polícia Militar, ficou inviável a Bahiatursa ceder o cantor para as festividades do dia 13 de março”, disse.
Kannário ia se apresentar no arrastão da cidade no dia 15 e no seu lugar ficou a banda La Fúria, que ia tocar no primeiro dia da festa. Com a mudança, Tierry foi chamado.
Segundo Tato, se a prefeitura mantivesse Kannário na programação, havia o risco da PM não fazer a segurança no momento.
“Jamais colocaria meu povo em risco. Jamais seria irresponsável em trazer um artista que está em litígio com o governo do estado, com a Polícia Militar, essa instituição tão importante”, falou o prefeito no vídeo.
Igor Kannário, que também é deputado federal pelo DEM, enquanto se apresentava no trio elétrico em Salvador, se irritou com agentes da Polícia Militar que estavam atuando no local, após supostas agressões a foliões.
Após repercussão, o governador Rui Costa (PT) acionou a Procuradoria Geral do Estado (PGE) para que o órgão adote as medidas legais cabíveis no caso envolvendo a agressão do cantor Igor Kannário contra a PM. Fonte: VN