ARATUÍPE: Prefeitura intensifica vacina para idosos contra gripe em casa ou local aberto para evitar Covid-19





A Secretaria de saúde de Aratuípe iniciou nesta segunda-feira (23) a campanha de vacinação contra gripe com estratégias diferenciadas para evitar aglomerações e prevenir a população contra a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

A vacina prevenirá a população alvo contra o vírus Influenza de três tipos e é fundamental para evitar complicações decorrentes da gripe, otites e sinusites. É indispensável que as pessoas respeitem as etapas para que não haja aglomerações nos postos, evitando a transmissão de doenças respiratórias, como a Covid-19 e a própria gripe”, explica de Imunização da Secretario, Anselmo. Silva Pessoas com mais de 60 anos são mais vulneráveis ao coronavírus por isso devem ficar longe de aglomerações.

Coronavírus


A vacina contra a gripe não imuniza contra o novo coronavírus, mas a campanha é fundamental para reduzir o número de pessoas com sintomas respiratórios nos próximos meses. “A decisão de antecipar a campanha tem a intenção de proteger a população contra a Influenza, além de minimizar o impacto sobre os serviços de saúde em meio a pandemia de Covid-19, já que os sintomas destas doenças são semelhantes”, diz o secretário de Saúde.

Etapas da campanha de 2020 




 Etapa 1: a partir de 23 de março, para idosos acima de 60 anos e trabalhadores da saúde;



– Etapa 2: a partir de 16 de abril para professores, forças de segurança e salvamento e portadores de doenças crônicas, comorbidades e outras condições clínicas especiais;

– Etapa 3: a partir de 9 de maio, para crianças com idade maior que 6 meses e menor que 6 anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), e outros;

– Dia de D: 9 de maio, para todos os grupos do público-alvo, incluindo pessoas acima de 55 anos. As prefeituras enfatizam que a vacina não previne contra o coronavírus, mas, facilita no diagnóstico, já que as duas doenças têm sintomas parecidos.

Campanha Nacional contra gripe começa nesta

segunda-feira (30) para idosos e trabalhadores da área da saúde. Progressivamente, até 22 de maio, novos grupos devem receber a imunização. É necessário que população leve um documento de identidade, CPF e cartão do Sistema Único de Saúde (SUS