Brasileiros em quarentena serão liberados neste domingo (23)



Ministério da Defesa confirmou neste sábado (22/2) que os 58 brasileiros que estão cumprindo quarentena na Base Aérea de Anápolis, serão liberados no domingo (23/2). Segundo a pasta informou por meio de nota, os repatriados realizaram a terceira coleta, na sexta-feira passada, e, neste sábado, os resultados foram negativos para o coronavírus, de acordo com a análise do Laboratório Central do Estado de Goiás.
“Todos os hóspedes da Base Aérea de Anápolis, que permanecem com o quadro assintomático, serão transportados, neste domingo, pela Força Aérea Brasileira para nove estados do Brasil”, diz um trecho da nota.
A Operação Regresso à Pátria Amada Brasil cumpre assim seu compromisso com o bem estar de todos os envolvidos na operação e com a segurança da população brasileira.”
Nas instalações, durante duas semanas, foram oferecidas aos repatriados seis refeições diárias inclusos café da manhã, colação, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia. Houve ainda uma programação de entretenimento que contou com filmoteca, brinquedoteca, videogame, atividades culturais, apresentação de bandas militares, jogos e biblioteca.
Ainda segundo o governo, entre as facilidades, estão internet, TV a cabo, frigobar, geladeira sem itens alcoólicos, lavanderia, copa 24 horas, máquina de gelo. Os repatriados em quarentena terão também serão submetidos a três monitoramentos diários de saúde, serviço religioso, nutricionista, emergência odontológica e apoio psicológico e pedagógico.
Além dos 34 repatriados ou parentes de brasileiros, outras 24 pessoas incluindo equipe médica, tripulantes e imprensa foram submetidas ao isolamento. A previsão inicial era de que os brasileiros ficassem de quarentena por 18 dias, tendo liberação apenas na próxima quinta-feira (27).
Ainda de acordo com a pasta, os deslocamentos serão realizados em aproveitamento de voos de transporte logístico de material e de militares, e terão como destino:
Distrito Federal (Ala 1 – Base Aérea de Brasília) – 20 passageiros, sendo 9 militares, 1 profissional do Ministério da Saúde, 1 profissional da EBC e 9 repatriados;
São Paulo (Base Aérea de São Paulo) – 13 passageiros, sendo 11 repatriados, um militar e uma integrante do Ministério da Saúde;
Rio de Janeiro (Ala 11 – Base Aérea do Galeão) – 11 militares;
Paraná (Aeroporto Internacional Afonso Pena) – 5 repatriados;
Santa Catarina (Base Aérea de Florianópolis) – 4 repatriados;
Minas Gerais (Parque de Material Aeronáutico de Lagoa Santa) – 3 repatriados;
Pará (Campo de Provas Brigadeiro Velloso) – 1 repatriada;
Dois repatriados, transportados para Brasília, seguirão em voos comerciais para o Maranhão e para o Rio Grande do Norte. Um repatriado permanecerá em Anápolis (GO).
Fote Correio Braziliense