Reconstrução de BH após chuvas pode custar R$ 400 milhões



Atingida por fortes chuvas na última semana, a capital de Minas Gerais, Belo Horizonte, foi parcialmente destruída e a recuperação pode custar aos cofres públicos o equivalente a R$ 400 milhões, segundo o prefeito Alexandre Kalil (PSD), que aguarda contar com recursos federais, de acordo com o UOL. 

Depois da tempestade de sexta-feira (24), que atingiu a periferia da capital mineira, matando 13 pessoas, as chuvas da noite de terça-feira(28), destruíram parte da zona sul da capital, área nobre da cidade, incluindo ruas em frente à casa do prefeito, que mora no bairro de Lourdes, diz o site.
O estado mineiro já registrou 55 mortos e declarou estado de emergência em cerca de 101 cidades. O estado possui ainda cerca de 46 mil pessoas desabrigadas e desalojadas. 
O presidente da República, Jair Bolsonaro, visitará as regiões atingidas pelas chuvas nesta quinta-feira (30).