Número de casos suspeitos de intoxicação por cerveja sobe para 21



Sobe para 21 o número de casos suspeitos por intoxicação da cerveja, segundo informou a Secretaria de Saúde de Minas Gerais, na última segunda-feira (20). No total, 4 casos já foram confirmados e 17 estão sendo investigados.

Ainda segundo a secretaria, já são quatro mortes, sendo 3 entre os casos que ainda estão sendo investigados por intoxicação de dietilenoglicol, substância presente na bebida que pode causar insuficiência renal aguda, alterações neurológicas, como paralisia facial, embaçamento ou perda da visão, além de outros sintomas.

A substância geralmente é usada para o processo de resfriamento, mas não deve entrar em contato com o produto. A cervejaria Backer responsável, nega que isso tenha ocorrido, apesar da substância ter sido encontrada nas cervejas contaminadas.

Redação VN