Governo tem 115 projetos de privatizações e quer leiloar ao menos 6 estatais em 2020

O governo de Jair Bolsonaro tem 115 projetos de privatização já anunciados. Desse total, a promessa é que ao menos 64 sejam leiloados ainda neste ano, incluindo a venda de seis estatais, o leilão do 5G, além de concessão de aeroportos, rodovias, ferrovias e até parques nacionais.
Na Bahia, os projetos incluem um trecho de 537 km da Ferrovia de Integração Oeste-Leste, entre Ilhéus e Caetité, além da concessão da Ferrovia Centro-Atlântico e do Terminal de Granéis Sólidos no Porto de Aratu.
O número de leilões previstos para 2020 é maior do que o realizado no ano passado, quando 47 projetos foram tirados do papel: treze terminais portuários, uma ferrovia, uma rodovia, 12 aeroportos, 14 projetos de energia, 4 de óleo e gás e o leilão da Lotex.
Nesta semana, o governo decidiu mudar, pela segunda vez em um ano, a pasta que comanda as privatizações. O Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), que era responsabilidade da Casa Civil do ministro Onyx Lorenzoni, passou a ser coordenado pelo Ministério da Economia de Paulo Guedes, conforme publicação no Diário Oficial da União de hoje (31). (m1)