Famílias de motoristas por aplicativos mortos em chacina serão indenizadas em R$ 100 mil



As famílias dos quatro motoristas por aplicativos mortos na última sexta-feira (13), no bairro da Mata Escura, em Salvador, vão receber R$ 100 mil, cada, das empresas Uber e 99POP, conforme apurado pelo Metro1.
O acordo com a 99OPOP foi firmado hoje (17), durante reunião do Sindicato dos Motoristas por Aplicativos e Condutores de Cooperativas do Estado da Bahia (SIMACTTER-BA) com representantes da empresa. Já a Uber também prometeu pagar às famílias.
O governador da Bahia, Rui Costa, disse pela primeira vez hoje que os assassinatos dos quatro motoristas foram ordenados por um traficante, após a mãe dele ter uma corrida cancelada. “O traficante mandou matar as pessoas porque foi cancelada uma chamada. Porque a mãe dele chamou, e o Uber cancelou a chamada. E ele mandou executar as pessoas”, disse Rui Costa.