Santoantoniense Marcius Pirôpo é campeão mundial de Karatê na Itália e Nathan Andrade vice na categoria especial



O santoantoniense Marcius Pirôpo ganhou neste fim de semana, o Mundial de Karatê realizado na Itália. O atleta foi campeão mundial Ouro lutando contra 6 países e na categoria luta fui prata, ficando atrás apenas da anfitriã Itália. Na competição, o atleta venceu os EUA , Alemanha , Ucrânia , Espanha e Suíça.
Na mesma competição, na categoria especial Nathan Andrade foi segundo lugar, ganhando a medalha de prata após vencer 10 países.
Conheça um pouco da história de Nathan.
Determinação e fé são as palavras que definem o jovem Wellington Nathan Andrade Silva de 20 anos, portador de síndrome de down. Sempre teve suas limitações, mas nunca deixou de ser uma criança feliz e amorosa, tinha uma vida tranquila, estudava, brincava e com o apoio da família ia superando os obstáculos do dia a dia. Mas, aos 12 anos tudo mudou quando ele foi diagnosticado com insuficiência renal crônica.
Durante quatro anos precisou se submeter à hemodiálise e nesse período foram diversas intercorrências, chegou ao ponto de ser desenganado pela medicina. Até que um dia uma luz ascendeu no fim do túnel, ele foi chamado para o transplante de rim no Estado de São Paulo, mas após uns dias o órgão sofreu rejeição do organismo, e nessa hora o mundo desabou novamente. Voltou mais uma vez para a hemodiálise e a única alternativa naquele momento era não perder a fé. Até que depois de um tempo ele foi chamado novamente para um segundo transplante, e dessa vez tudo deu certo. Quando ele voltou para casa, apesar de ter se livrado de uma máquina de hemodiálise e estar bem ele ainda se encontrava muito debilitado emocionalmente, por tudo que havia vivido, estava afastado da escola e socializava muito pouco por conta das restrições do transplante.
Foi nesse período que o karatê entrou em sua vida e mudou de vez sua perspectiva de futuro. Com apenas 3 meses de treino já tinha trocado de faixa, da branca para a amarela, e em seguida participou do campeonato Baiano de Karatê Educacional onde ganhou medalha de ouro na categoria especial em 2017 na cidade de Salvador- Ba, neste mesmo ano ele ganhou novamente medalha de ouro no Campeonato Brasileiro de Karatê Educacional em Campina Grande- Pb.
No ano de 2018 participou das copas internas em Santo Antônio de Jesus- Ba onde todas as vezes foi campeão, levando medalha de ouro. Neste ano de 2019, já na faixa laranja ele se tornou Bi Campeão Baiano, e por último no mês de Junho em São Luiz- Ma no Campeonato Norte Nordeste e Centroeste ganhou medalha de ouro conquistando a classificação para participar da Cup Internacional Karate Wkmo Florence Itália.
Vale ressaltar que suas últimas competições, mesmo sendo da categoria especial, por falta de outros atletas da mesma categoria teve que competir com atletas da categoria normal e já chegou a competir com atletas de faixa marrom e roxa, ainda assim ficou em primeiro lugar. Isso mostra a sua garra, dedicação nos treinos e vontade de vencer. Nathan ganhou há pouco tempo o título de Embaixador do Karatê Educacional de Inclusão, sendo o primeiro representante da categoria especial a conquistar tantos títulos e se tornar apto a participar de um campeonato internacional representando todos os atletas especiais do Karatê Educacional do Brasil.