SAJ: Edilton Andrade Junior, acusado de matar garoto é transferido para presídio


Edilton Araújo Andrade Júnior acusado de esfaquear o garoto Miguel Martins Pita Costa, de apenas 4 anos foi transferido para um presídio. Segundo a perícia, a criança que teria sido golpeada por pelo menos 20 facadas no último sábado (12), noite do dia das crianças, não resistiu e morreu ainda na emergência do Hospital Regional de SAJ. O acusado foi ouvido ainda no hospital e confessou o crime. 
Edilton foi encaminhado para a delegacia na segunda-feira (14) onde ficou custodiado temporariamente até ser transferido ontem (15) para um presídio que não teve a sua localização revelada. 
Relembre o caso: 
A criança foi esfaqueada pelo padrasto Edilton Araújo Andrade Júnior ao tentar defender a mãe, Manuela Silva Costa Martins, de 29, que estava sendo agredida pelo companheiro também a facadas. O pequeno Miguel não resistiu aos ferimentos graves.