Sem vencer há dois jogos, Bahia busca acabar com jejum diante do Botafogo



Há dois jogos sem vencer, o Bahia busca virar a página e se recuperar no Campeonato Brasileiro. Mas para isso o Tricolor precisa fazer valer sua força dentro de casa diante do Botafogo, nesta quarta-feira (25), às 21h30, na Arena Fonte Nova, em confronto válido pela 21ª rodada.

Após revés para o Corinthians, a equipe comandada por Roger Machado caiu uma colocação e viu a distância para o G-6 aumentar quatro pontos com os últimos resultados. No entanto, o clima segue otimista dentro do Fazendão e a expectativa é que a diferença para o sexto colocado diminua nesta quarta.

Mas para se reaproximar será preciso acabar com uma escrita que já dura quatro anos. Desde o dia 4 de maio de 2014 que o Bahia não vence o Alvinegro carioca como mandante, em jogos válidos pelo Brasileirão. Na ocasião, a equipe baiana conseguiu o triunfo por 1 a 0, com gol de Maxi Biancucchi, pela terceira rodada.

Sem desfalques, Roger deve promover uma mudança em relação a equipe que iniciou a última partida. Guerra venceu Ronaldo na disputa e é o provável titular na faixa central do campo. Já Élber deve permanecer ao lado de Artur e Gilberto na linha de frente.

Também sem vencer há dois confrontos, o técnico Eduardo Barroca, por sua vez, tem quatro baixas. Luis Fernando e Fernando, suspensos, Carli, com desconforto muscular, e Alex Santana, em recuperação, estão fora da partida. Já Diego Souza retorna para o time principal.

O confronto será comandando por Flavio Rodrigues de Souza (SP), e seus auxiliares Emerson Augusto de Carvalho e Neuza Inês Back (ambos FIFA-SP).


FICHA TÉCNICA

Bahia x Botafogo
Campeonato Brasileiro – 21ª rodada
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 25/09/2019, 21h30
Arbitragem Flavio Rodrigues de Souza (SP), Emerson Augusto de Carvalho e Neuza Inês Back (ambos FIFA-SP)
Bahia: Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Moisés; Gregore, Flávio e Guerra; Artur, Élber e Gilberto. Técnico: Roger Machado.
Botafogo: Gatito; Marcinho, Marcelo, Gabriel, Gilson; Cícero, Bochecha, João Paulo; Pimpão, Diego Souza, Victor Rangel. Técnico: Eduardo Barroca.