Com o discurso que ‘Humberto ama vocês’, ex-prefeito quer governar Santo Antônio de Jesus com a volta dos amigos; A cidade merece isso?


O grupo Beija-flor, especialmente aquele que se diz ser o líder maior, o homem que mais ama o povo de Santo Antônio de Jesus (sic) e arruinou a vida dos professores, as ruas tomadas pelo lixo e demonstrando incapacidade total para governar, encerrou seu primeiro mandato melancolicamente e beirando a irresponsabilidade. Mesmo assumindo uma casa arrumada por seu antecessor, o saudoso ex-prefeito Renato Machado, ao invés de implementar as reformas que o município precisava, Humberto investiu no populismo fácil. Resumindo a história: Renato Machado teve que retornar para se eleger prefeito de Santo Antônio de Jesus juntamente com o seu grupo político, mas o estrago já estava feito e para o grupo Beija Flor vencer uma política novamente teve que contar com o apoio do deputado Rogério Andrade que emplacou Faustino Cunha na vice. Humberto teve duas chances! Não ouviu a orientação do líder Renato e muito menos de Rogério, jogou a oportunidade fora dada pelos eleitores de se redimir do desastre no primeiro mandato.

Já em seu segundo mandato, Santo Antônio de Jesus foi colhido pelo tsunami da crise amiga que só um populista barato poderia, ao contrário do que deveria fazer, ou seja, anunciar medidas de contenção e prudência à população, logo partiu para sua especialidade: bravatear! Chamou os amigos para governar sem nenhum critério de formação e competência e empregou em várias secretarias com raras exceções. Sabe no que deu? Vou explicar! O secretário de Esporte não podia demitir pois era seu amigo particular, a secretária de Administração apelidado pelo vereador Gilson Bastos de “Travatologa”, dizia que não precisava da imprensa para nada, e muito menos para ganhar política. Ledo engano! Foi para a reeleição e perdeu. Achou pouco! Tem mais: Os amigos da Secretaria da Infraestrutura e de Serviços Gerais e a primeira Dama, amigo do “Fama”, que não pensou duas vezes antes de falar, a língua repetiu o que estava no seu sub consciente. Quadrilha!
Agora aparece de novo confundindo Chance com Sanches, esse último deputado com pouquíssimos serviços prestados em dois mandatos. Eu pergunto, querem tudo isso de volta em um pacote só pela terceira vez? Finalizo com uma mensagem aos “beija tontos” que certamente virão aqui, com aquele lero-lero de beija-flor de cativeiro “tem que ser ele, ele de novo com o seu populismo enganando as multidões e quando chegar ao poder, governa para poucos”. Esse filme não pode repetir pela terceira vez do político que perde as eleições e some, desaparece e aparece nas festas de São Joao, São Pedro da Sapucaia, procissão do Padroeiro da cidade com o mesmo chavão que ama vocês. Deixem de ser bobões e vão se informar! Então, parem de repetir as besteiras que lhes zurram aos ouvidos e comecem a pensar por si mesmos. Será melhor para vocês! E acreditem: Santo Antônio merece dias melhores. Porque Santo Antônio é de Jesus!

Com informações Infosaj