Varela critica política partidária no Brasil: “Cadê os homens do povo?”



No programa Balanço Geral desta quinta-feira (25) o apresentador Raimundo Varela deu um cartão vermelho para a violência e criticou a política partidária que acontece no Brasil.

“Não adianta a gente ficar gritando aqui. Todos estão surdos. Sabe o que estão discutindo no Brasil agora? Parece até convecção partidária. Uma parte defendendo Lula, dizendo que ele é inocente. O homem foi condenado, pegou o dinheiro do Brasil, mandou para Cuba, para Venezuela, está na cadeia e ainda tem gente defendendo. Vá pro inferno! Do outro lado, os Bolsonaristas. Cadê os homens do povo? Que se dane o povo, morra o povo! Esse é o Brasil, amigo. Muita xaropada, mentira e enganação. Uma esculhambação. Salve-se quem puder”, disse Varela.

“Ai de você que pegue um revólver para matar um bandido desse. Os direitos humanos vão para cima de você. Eles podem matar, roubar, assaltar, mas o cidadão não pode se defender, não. Ainda tem a história que você tem que nadar armado. Para que, eu não sei… É guerra! Ninguém tem segurança mais em lugar nenhum”, criticou.

Fonte:Varela Noticìas.