Coronel do 14º BPM faz um balanço positivo do São João de SAJ: “Queda no número de ocorrências”



O Comandante do 14º BPM (Batalhão de Polícia Militar) em Santo Antônio de Jesus, Tenente-Coronel César Sá Pacheco em entrevista ao Voz da Bahia falou a respeito da diminuição das ocorrências no Circuito do São João e no município no período festivo.
De acordo o Cel. Sá Pacheco, apesar do grande número de pessoas  e da festividade ser considerada a melhor da Bahia, o São João em Santo Antônio de Jesus foi considerado tranquilo. Segundo estimativa da PM, os festejos de São João de 2019, que ocorreu entre os dias 20 e 24 de junho, obteve um público de cerca de 50 mil pessoas presentes ao circuito durante os dias de festa com poucas ocorrências.
Para Sá, o empenho dos policiais e das forças de segurança nesse período de festa, contribuíram para que o cidadão pudesse usufruir de um São João tranquilo e seguro, mantendo assim o número de ocorrências muito baixo, “felizmente, em relação ao ano passado, aqui no circuito as ocorrências tiveram um número inferior. Algumas vias de fato logo debeladas. Tivemos o apoio da Polícia Civil e conseguimos identificar elementos, possíveis causadores de problemas, que logo foram tirados de circulação”, informou.
Sá Pacheco salientou que uma pessoa, com mandado de prisão em aberto, foi identificado pelas Câmeras de Segurança do local e tão logo levado para acareação para que assim fosse evitado um mal maior, “eles usam de artifícios para se esconder o rosto com bonés, gorros; mesmo assim foram identificados. As câmeras potencializam  o trabalho da PM. E em um evento grande como é o são João, fica muito mais fácil debelar possíveis situações. São vários olhos assegurando a segurança do folião”, explicou.
O comandante expôs ainda, que entre as ocorrências mais expostas foram as vias de fato e roubos e furtos de celulares, “queda de ocorrências de furtos em relação ao ano passado, e por conta disso mantivemos o policiamento dia-e-noite. Tivemos o apoio dos motociclistas Águia, realizando abordagens durante o dia e o apoio da CIPE Litoral Norte e patrulhas internas além da Rondesp. O policiamento montado também foi usado, potencializando assim o nosso sistema de segurança”, pontuou.
A plataforma elevada também foi usada, dando autonomia a patrulha, cobrindo uma área maior, “usamos esse efetivo em lugares específicos, como nos estacionamentos onde haviam grande circulação de pessoas”, acrescentou.
Segundo Sá, nenhum arrombamento ou furto de veículo foi identificado e apenas uma ocorrência de tentativa de homicídio no Centro da cidade após uma discussão de trânsito .
Fonte:Voz da Bahia
 Voz da Bahia