Mulher morre ao receber notícia do assassinato da filha por telefone


Uma mulher de 67 anos morreu de infarto ao receber a notícia do assassinato da filha e do genro por telefone, em Brasília, na última segunda-feira (07).

Segundo a Polícia Civil, a cozinheira Rosilia Alves Pinto tinha 44 anos e morreu com um tiro na testa. Seu marido, o ajudante de pedreiro Manuel Pereira Matos, 42 anos, foi baleado três vezes.

Segundo o site Metrópoles, dona Hilda Alves Pinto soube da morte da filha por telefone e não resistiu à notícia.Fonte: VN