SAJ: Proprietária de bar comenta confusão que deixou um morto e quatro feridos no Comum do Rio da Dona


A proprietária do bar situado no Comum do Rio da Dona comenta briga que terminou com um morto e quatro baleados no último domingo (18), em Santo Antônio de Jesus. Em contato com o repórter Sidney Silva, Edilene Sampaio explicou que estava fechando o estabelecimento quando um grupo que estava na última mesa pediu mais uma bebida e continuaram sentados. 

“A tia de Bruno mais outra mulher disseram que iam para casa, mas quando elas saíram voltaram logo dizendo que tinha um homem armado. Aí Bruno foi até o homem e lá não sei o que houve, começaram os tiros”, disse.  Jorge Silveira Ramos, 46 anos, Manoel Domingos Santos, 66 anos, Bruno Reis Ramos, 27 anos, Balbino Alan de Deus Ramos, 21 anos e mais outro homem foram baleados e encaminhados ao Hospital Regional, porém Jorge não resistiu aos ferimentos e foi a óbito. “Já prestei depoimento, acho que dois suspeitos foram presos e o que realmente deflagrou os tiros está foragido. Quero dizer que o paredão que realizamos no bar foi no sábado e não teve nenhuma confusão, isso que aconteceu foi uma fatalidade depois que já tinha terminado tudo”, frisou
Fonte: Blog do Valente.