Ao lado de Rui, Bira Coroa culpa Judiciário e 'mídia golpista' por prisão de Lula


O deputado estadual Bira Coroa (PT) voltou a criticar o Juriciário e a "mídia golpista" pela prisão do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva, preso há um mês numa sala especial na sede da Polícia Federal, em Curitiba (PR).

"Aqui é um palanque de responsabilidade. Queremos demonstrar a nossa indignação e insatisfação com o contexto que vive o Brasil sob o efeito da extensão de um golpe. Que retira uma presidente eleita com mais de 54 milhões de votos. Que criminaliza e bota na cadeia a maior expressividade da política mundial do século 21 Sem dúvida nenhuma, a prisão de Luis Inácio Lula da Silva é uma prisão política. E não por erros. Porque os erros por ele cometido foi [sic] favorecer a sociedade brasileira.

A prisão foi sustentada pelo lado podre do judiciário brasileiro, pelo lado corrupto da Polícia Federal e ostentado pela grande mídia, a mídia golpista, que jogam contra a democracia", discursou Bira na manhã desta segunda-feira (7), durante a autorização das obras de construção da Unidade de Acolhimento Infanto-Juvenil e da Academia de Saúde, em Lauro de Freitas. As declarações foram dadas ao lado do governador Rui Costa.
As audiências do processo sobre o sítio de Atibaia, no qual o ex-presidente é um dos réus, serão retomadas hoje. As testemunhas de defesa serão ouvidas por videoconferência de São Paulo e presencialmente na capital paranaense.